quarta-feira, 30 de abril de 2008

A bicicleta

“O trânsito em são Paulo é o vetor de alguns dos piores males sociais e ambientais na cidade”

Tendo em vista o caótico sistema de meio de transportes nas grandes metrópoles, a bicicleta mostra-se como um importante instrumento de mobilidade urbana . Podemos perceber que o caos existente nas cidades , causado pelo transito, é consequência da sociedade do automovel em uma arquitetura urbana projetada para os carros e nao para as pessoas. A experiência cubana revela uma sociedade em que as bicicletas tem um papel significativo na mobilidade. Marcelo Siqueira acredita que nossa sociedade pode receber influências transmitidas pelo filme BICICUBA atraves do uso da bicicleta para se locomever e vivenciar grandes aventuras. A bicicleta funciona de alternativa ao uso do carro na medida que sua convivencia pacífica com o trânsito, faz do ciclista um cidadão que interage com a cidade.

A idéia seria trazer para São Paulo uma proposta de mobilidade urbana baseada na experiência cubana, a fim de mostrar para o publico como funciona a convivencia no trasnsito e o espaco publico em prol da mobilidade sustentavel. A bicicleta serve de pretexto para aproximar-se das pessoas que estao dentro e fora do cenário turistico, para conhecer uma realidade nunca vista antes, sob a ótica revolucionaria que Cuba tem sobre as coisas e sobretudo para nós, a bicicleta. O filme visa mostrar uma realidade que o mundo nao conhece. Uma narrativa que compara mundos e e gera reflexões.

Nenhum comentário: